Por: Jornal Sul Brasil | 14/07/2020

A academia de Polícia Civil, sede do Canil Central, formou 15 novos cães no Curso de Aperfeiçoamento em Cinotecnia, ciência que estuda o comportamento e a psicologia dos cães.

A partir deste mês, esses cursos ocorrerão com mais frequência no Estado devido à publicação do decreto nº 689, assinado pelo governador Carlos Moises, que prevê, entre outros, que os Núcleos de Operações com Cães do Estado possam atingir níveis de excelência no enfrentamento criminal com emprego de cães farejadores.

Os alunos de quatro patas vieram de todas as regiões do Estado e durante o curso já ajudaram em pelo menos duas grandes operações da Polícia Civil que estavam em andamento.

A missão deles não é simples. Os cães ajudam nas operações de combate ao tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, na fiscalização de produtos controlados, na prevenção de crimes com materiais explosivos e na busca de foragidos e pessoas desaparecidas.

Hoje, Santa Catarina possui Núcleos de Operações com Cães nas cidades de Campos Novos, Canoinhas, Lages, Joinville, Criciúma, Chapecó, São Lourenço do Oeste, Xanxerê e Florianópolis.