Por: Jornal Sul Brasil | 20/07/2020

 A arrojada meta de arrecadar 1 milhão de reais e doar esses recursos financeiros para o Hospital Regional do Oeste (HRO) adquirir equipamentos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foi alcançada. A proclamação da conquista foi feita pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) Nelson Eiji Akimoto no fim da semana.

Em março a ACIC lançou a campanha Salve Vidas com o objetivo de contribuir no combate ao novo coronavírus. Em 40 dias, foram arrecadados, por meio de doações, R$ 710.049,41, recursos destinados para compra de equipamentos para o HRO, maior hospital filantrópico de Santa Catarina, com sede em Chapecó.

Na última semana, com a campanha encerrada, todos os recursos entregues e já investidos pelo Hospital, o Banco Safra comunicou que, em resposta a pedido da ACIC, o Instituto Vicky e Joseph Safra, com sede em São Paulo, promoviam a doação de 300 mil reais.

“Assim o que era um sonho torna-se realidade,” festejou Akimoto, “ultrapassamos nossa meta de 1 milhão de reais”. O valor total oficial das doações soma R$ 1.018.815,36, dinheiro integralmente transferido ao Hospital Regional.

O presidente da ACIC destacou “a agilidade, responsabilidade e profissionalismo com que a direção do HRO fez uso desses recursos que se reflete nos números de leitos de UTIs, manutenção e materiais de proteção individual para a equipe do setor de Covid-19 que está fazendo toda a diferença”. Destacou o heróico trabalho dos médicos e todos os profissionais de saúde no combate à Covid-19.

Também agradeceu “a todos que colaboraram com a campanha Salve Vidas e um agradecimento especial ao Instituto Vicky e Joseph Safra e aos gerentes da agência do Banco Safra em Chapecó”. E acrescentou: O resultado dessa rápida e eficaz ação da ACIC, cujo resultado vitorioso decorreu da imensa colaboração do empresariado, fez com que toda a comunidade se sentisse bem atendida e mais segura. Os leitos de UTIs foram ampliados  e estabeleceu-se uma sinergia com o Poder Público estadual e municipal, ajudando também o setor econômico a permanecer em atividade.

A superintendência do Banco Safra em Chapecó manifestou que a instituição financeira “está feliz com o resultado final da campanha e com os benefícios que serão oferecidos a toda a sociedade regional”.

Resultados

A Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (entidade administradora do HRO) informou que os recursos obtidos pela ACIC junto aos associados na primeira etapa (710 mil reais) foram investidos da seguinte forma: instalação de rede de vácuo e ar comprimido (R$ 24.336,38); aquisição de 50 bombas de infusão (R$ 375.000,00); aquisição de 12 monitores multiparamétricos (R$ 300.000,00) e aquisição de 12 módulos de capnografia para monitores multiparamétricos (R$ 102.000,00). O Hospital adicionou 82,5 mil reais de recursos próprios para fechar essa compra que totalizou 801 mil reais. Os recursos adicionais de 300 mil reais, agora repassados, também serão empregados na compra de equipamentos.

A motivação da ACIC para a recém-encerrada campanha foi a constatação de que a extraordinária velocidade de disseminação do vírus colocou em situação de colapso os sistemas de saúde de vários países, gerando uma crise humanitária sem precedentes em face de impossibilidade material de prestar assistência médica e nosocomial a todos os infectados.

A campanha da ACIC buscou mudar esse cenário e criar melhores condições de assistência médico-hospitalar intensivista. A relação das empresas e empresários que contribuíram com a campanha Salve Vidas, as cópias das notas fiscais e os processos de compra estão disponíveis na ACIC para consulta dos doadores.