Por: Jornal Sul Brasil | 30/07/2020

A cada passo do ser humano, rastros de mudanças são deixados. Todos os anos, as tecnologias incorporam mais as áreas do conhecimento e com isso surgem novas formas e tendências de interação. O que hoje, com a pandemia, se apresenta como único caminho possível, não é algo tão novo, já que as manifestações artísticas, historicamente, nunca ficaram presas por muito tempo a amarras, sejam elas políticas, econômicas ou melhor personificada, em quatro paredes. Com a Galeria Agostinho Duarte da Unochapecó fechada, a exposição ‘Picturificação 2.0 e outros projetos’, do artista e professor do curso de Artes Visuais da Uno, Ricardo Garlet, será realizada nesta quinta-feira dia 30 às 19h, pelo Instagram da Galeria.

Essa é a terceira mostra realizada de forma online pela Galeria. A exposição surgiu a partir de resultados parciais do doutorado realizado por Ricardo em Artes Visuais, e é formada por sete desenhos e uma performance, que se trata de uma pintura, em tempo real, de uma transformação da imagem do próprio artista. Ou seja, ele explora os recursos técnicos próprios das artes e das tecnologias para dar sentido às suas obras.

“O uso do desenho, como uma forma de desenvolvimento do pensamento criativo, não é apenas o desenho como uma expressão visual. A performance se dá através da internet, e envolve um processo de transformação da minha imagem, em tempo real, e ao mesmo tempo da pintura dessa imagem que está sendo transformada. Essa exposição é uma busca por subjetividade, por um estado de transcendência que não é possível no mundo real, que é necessária outras ferramentas e plataformas para que a gente atinja esses outros lugares de esclarecimento”, finaliza Ricardo.