Por: Quirino Ribeiro | 15/01/2020

Senadores articulam uma forma de dificultar a ida do ministro Sergio Moro para uma das vagas do Supremo Tribunal Federal. Uma matéria em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça do Senado altera a forma de escolha dos ministros do STF, determinando que o presidente da República escolha o indicado ao STF a partir de uma lista tríplice.

NA PROPOSTA

A indicação para uma vaga no Supremo deixaria de ser de livre escolha do Presidente da República, a partir dos critérios definidos pela Constituição, e passaria a ser feita, obrigatoriamente, a partir de uma lista de três nomes indicados por algumas instituições. Assim, um candidato à vaga seria indicado pelo Supremo Tribunal Federal; outro seria indicado pela Procuradoria-Geral da República dentre os membros do Ministério Público; e o último seria um jurista indicado pela Ordem dos Advogados do Brasil.

ALÉM DA PAUTA

Discutir o futuro da cidade e da região é uma questão importante na próxima campanha, pois há uma relação direta para o seu crescimento. A campanha eleitoral só começa em meados do ano, e as candidaturas só serão definidas a partir de abril – salvo as exceções -, mas o tempo será suficiente para uma discussão mais profunda sobre o futuro da cidade.

EM TODOS OS PLEITOS

O debate é superficial, focado principalmente em questões de saúde, educação e zeladoria, embora haja um expressivo elenco de outras demandas. Os novos tempos exigem projetos de longo e médio prazos e não apenas de gestão diária das questões do município. Se não houver planejamento, os investimentos minguam.

A MODERNA PRAÇA DA FAMÍLIA

Onde era a antiga garagem da Prefeitura no Bairro São Pedro, dentro do programa “Mãos à Obra” teve a ordem de Serviço entregue pelo prefeito Luciano Buligon para a construção. A estrutura será um espaço de serviços públicos, tipo “poupa tempo”, com diversos equipamentos para agilizar o atendimento ao cidadão, disponibilizará serviços para emissão de documentos, equipamentos e quadra esportiva, além de área de convivência. É uma obra com valor de R$ 3.152.251,50, com expectativa de entrega para a comunidade até o final do ano.

O PREFEITO LUCIANO BULIGON

No ato destacou que: “A Praça da Família é uma obra que chega para fazer a diferença na vida dos moradores e promover uma verdadeira transformação social em uma das regiões mais vulneráveis de Chapecó. É um momento muito especial. A comunidade da região Leste começa a ver se tornar realidade um sonho, uma prioridade, assumida como compromisso pela Administração Municipal”.

CRISE ENTRE EUA X IRÃ

Os possíveis impactos da crise entre Irã e Estados Unidos nas exportações brasileiras devem ser acompanhados com cautela. “Está muito cedo ainda, é um momento tenso para o mundo todo, mas isso ainda não nos afetou”, afirmou a ministra da Agricultura Tereza Cristina. O Brasil é o maior exportador de milho para o Irã: as vendas somam cerca de US$ 1 bilhão, correspondente à metade da balança comercial entre os dois países.

A MINISTRA

Reconhece que há uma apreensão, em virtude do cenário internacional, entre os agricultores brasileiros, que exportam ainda soja e farelo, carne bovina, açúcar, entre os principais produtos.  “Nós não podemos misturar mercado e agricultura com a parte de defesa nacional”.

“Os privilégios devem ser para o Senado, competindo aos senadores o simples respeito”.