Por: Tadeu Costa | 30/04/2020

E como faz falta a Chapecoense, não somente para o seu fanático torcedor, mas especialmente para ele. Lá se vão 52 dias sem a bola rolando no gramado da Arena Condá. A última vez que isso aconteceu foi no dia Internacional da mulher, em 08 de março. Naquela bela tarde de domingo, a Chapecoense goleou o Joinville. Aplicou três a zero e deu a arrancada para a classificação às quartas de final do Catarinense. Isso Se confirmou no domingo seguinte, dia 15 de março, com os três a um aplicados no Atlético Clube Tubarão, lá no sul do estado. Daí foi voltar para casa e veio a parada total em função desse maldito corona vírus que parou o mundo. O torcedor está ansioso para ver novamente seu time em campo. Quando isso irá acontecer? Ninguém sabe. O que todos sabem é que, com a Chape em campo, a cidade fica mais alegre. Tudo flui melhor. Nem que venha a derrota, pois logo ali na frente tem outro jogo e a derrota fica esquecida com a vitória. Como faz falta a nossa Chape em campo. Ah, como faz! Não é mesmo, meus amigos Claudio Rotava, João e Cláudia Piazza que aparecem nas fotos? Um dia isso tudo voltará e nossa Arena Condá vai estar outra vez bonita, com muita gente sorrindo e se abraçando com mais uma conquista. Ah, como faz falta a nossa Chape nas tardes de domingo!