Por: Valdinei Caldart | 23/07/2019

Batara

“Infelizmente em dez minutos o São Paulo liquidou a fatura e nesse apagão da Chape levamos três gols e consequentemente veio a derrota e a permanência na indesejada zona do rebaixamento”

Paulinho Petry

“Só se salva dois ou três jogadores e esta diretoria está de brincadeira, fora diretoria e comissão técnica junto, o Ney Franco totalmente desajeitado e não conseguiu fazer um bom jogo, assim não escapa do rebaixamento”

Ernoy Matiello

“Eu não sou pessimista, vou a todos os jogos, sou sócio já faz cinco anos, mas esse time com o técnico e o presidente estão brincando com o torcedor e se não tiver mudança de atitude vai pra série B”

Mano Sprisigo

“Não gostaria de ver a Chape na Série B, o clube agrega muito a cidade de Chapecó e toda região, mas tudo indica que este ano estamos se complicando a cada jogo e nosso próximo compromisso é domingo às 11 horas da manhã e só podemos pensar na vitória”

Osmar Vezaro

“Sou torcedor da Chapecoense do tempo que nem série tinha, ficava torcendo na curva, hoje somos série A e jogando assim sem raça e sem vontade, vamos a passos largos para a série B ,  ainda da tempo, mas algo tem de ser feito com urgência ”

Sobe: A ASAIBB Associação de Amigos e Irmãos Bons de Bola que neste mês de julho completa 24 anos fazendo amigos e sempre a união da galera também fazendo a parte social, um belo trabalho com a continuidade dos presidentes Jorge Barros e Vidamar Caldart, que também já estão preparando seus sucessores e tudo indica que Daniel Pacheco será o próximo presidenciável.

Desce: O desce vai para o técnico Ney Franco, que veio para a Chape e não contribuiu em nada, era pra dar certo mas não deu, acho que vai ter a dança das cadeiras e deve ter mesmo, levou quatro a zero a maior goleada sofrida pela Chape nesse ano.