Por: Jornal Sul Brasil | 24/04/2020

A TV Globo, e isso desde que ela passou a existir, nunca dividiu tanto
as opiniões como nos tempos atuais. E nada que vá além de uma
consequência simples e natural.

Em função de tudo, principalmente do cenário político e das atitudes
que são tomadas, também os brasileiros estão sendo levados,
tristemente, a se separar em dois lados.

Por meio de incentivos, as manifestações em gritos ou faixas, como
“Fora Globo” ou “GloboLixo” não mostram nada diferente. Assim como as
invasões de links e criminosas agressões a repórteres e equipes de
externas.

Porém, se considerarmos apenas os resultados, teremos a certeza que
essa está longe de ser uma divisão parelha.

Hoje, muito mais do que vinha acontecendo, os registros de audiência
comprovam que os índices da Globo estão disparados nas mais diferentes
faixas. E que em todo fechamento de média diária, ela continua muito
à frente que a soma de todas as outras TVs.

De duas, uma: ou a maior parte está mesmo com a Globo ou os que a
criticam também são seus fiéis telespectadores. Os números não
mentem.

TV Tudo

Em cima disso

Ali Kamel, diretor de jornalismo da Globo, enviou um comunicado a todos
falando das agressões às equipes de reportagens nas ruas.

Citou uns “valentões em SUVs que param, nos xingam e tentam intimidar”,
como no episódio da fila de pessoas que tentavam corrigir o CPF. E o
que fez a fila? Saiu em defesa do pessoal da Globo.

Segurança

No mesmo comunicado, Ali Kamel passou a certeza que as medidas de
segurança serão intensificadas para que todos se sintam protegidos.

E que ninguém deve cair em provocação. Todos os agressores, nas ruas
ou os que ameaçam em redes sociais, serão processados.

Tem jeito?

Esse assunto já foi abordado no # UOL Vê TV desta semana, mas merece
um

repique: por que nos filmes e séries no streaming o que é dito
originalmente pelos personagens é traduzido ou dublado de forma
diferente? Nunca uma coisa bate com a outra.

Será que tem jeito?

Está em pé

O sucesso do “BBB”, audiência e repercussão alcançada, mexeu com todo
mundo.

A Record, inclusive.

A informação vem de alguém muito importante de lá: há o desejo de
fazer da próxima, a melhor edição da “Fazenda”, partindo da seleção
de participantes mais conhecidos e com personalidades bem diferentes.

Volta à graxa

Silvia Garcia, depois de várias TVs e dez anos de “Auto Esporte”, na
Globo, voltou a se dedicar ao jornalismo automobilístico.

Por causa dele, deixou a TV Assembleia para ser apresentadora e
repórter do Bufalos/Webmotors, transmitido em várias TVs, emissoras da
Band e SBT.

(Foto: Arquivo Pessoal)

Isso também

O mesmo cenário de dificuldades enfrentado pelas emissoras, obrigadas a
fechar os seus estúdios, também é o das produtoras de conteúdos.

O reflexo disso preocupa as principais plataformas de streaming. A
possibilidade de contar com novos títulos também será afetada.

Ordem de cima

No jornalismo da Record e SBT, por ordens expressas dos donos, e isso
não é novidade, o noticiário produzido deve sempre se adequar ao que
pensa o Palácio do Planalto, em Brasília.

Por causa disso, alguns registros bem desagradáveis. Dizem, por
exemplo, que Adriana Araújo deixou a bancada chorando na terça-feira.
E faltou no dia seguinte.

Prorrogado prazo

Os canais BandNews, BandSports, Arte 1 e Terraviva, todos do Grupo Band,
assim como o  Smithsonian Channel irão continuar com sinal aberto até
10 de maio.

Isso em todas as operadoras, independentemente do pacote contratado.

Ainda não

Ao contrário de outras emissoras, que já começam a se movimentar,
não há ainda nenhum sinal de mudança na programação do Fox Sports.

O esquema de emergência montado para o período da pandemia ainda não
tem data para ser encerrado.

Consentimento

A Conspiração Filmes, que está produzindo a série da Anitta para o
Netflix, em sua segundo temporada, solicitou autorização ao Leo Dias
para usar o nome “Furacão Anitta”, registrado em nome dele e título do
livro que escreveu da cantora.

O desejo partiu do diretor Andrucha Waddington. Foi liberado.

Bonito gesto

Não são poucos os casos de animais abandonados em tempos de
coronavírus. Daí a oportunidade para elogiar a atitude de Camila
Queiroz e Klebber Toledo. Pouco tempo antes de entrar na quarentena, o
casal adotou “mais duas cachorrinhas”. “Agora temos três cachorrinhas e
uma gata”, diz Camila. Os atores estão na reprise de “Êta Mundo Bom!”,
a partir do dia 27, no “Vale a Pena”.

Eta Mundo Bom – Estúdio D – Item 3 – Cap 28 – Cena 14. lê a carta que Mafalda ( Camila Queiroz ) (Camila em imagem de ‘Êta Mundo Bom! / Foto Divulgação Globo)

Bate – Rebate

*     Decisão tomada no SBT é definitiva: não haverá mais
gravações de novelas este ano…

*     … No lugar da primeira parte da “Poliana”, quando chegar ao fim,
entrará uma reprise…

*     … Algumas possibilidades já existem, mas a escolha deste
título ainda não foi definida…

*     … E a gravação da parte 2 de “Poliana”, como aqui se
antecipou, só em 2021.

*     O “Persona em Foco”, nesta sexta, 23h30, recebe o diretor teatral
José Possi Neto.

*     O mesmo deve acontecer com “Topíssima 2” da Record. A chance de
alguma coisa acontecer ainda este ano está próxima de zero.

*     Band planeja volta do programa Cátia Fonseca aos estúdios ainda
na primeira quinzena de maio…

*     … Por enquanto, vai seguindo da casa dela.

*     Como é que inventam uma coisa dessas?…

*     … Alguém disse que Gusttavo Lima ia fazer uma live no mesmo dia
e horário da final do “BBB”…

*     … O que levou o próprio cantor a ter que desmentir.

C´est fini

A ESPN exibirá uma maratona de jogos do craque Cristiano Ronaldo, com
as melhores partidas que ele fez nos tempos de Real Madrid pelo
campeonato Espanhol. De 25 de abril a 1º de maio, o canal promoverá a
“Semana Especial” com CR7. O atacante teve uma passagem estelar pelo
Real Madrid e em apenas 9 temporadas se tornou o maior goleador da
história do clube, conquistou 16 títulos e 4 Bolas de Ouro como melhor
do mundo. As partidas serão exibidas às 18h na ESPN Brasil.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!