Por: Jornal Sul Brasil | 1 mês atrás

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Chapecó recebeu nesta semana o relatório de auditoria operacional sobre certificação digital realizada anualmente como requisito para manutenção do credenciamento como Autoridade de Registro na Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP Brasil. A entidade foi aprovada com nota máxima por estar com processos, procedimentos e ambientes adequados para emissão dos certificados.

Em conformidade com as normas que regem o processo, a instituição apresentou segurança lógica, de rede e de informação, regularidade jurídica, fiscal e econômica, além de estrutura para coleta biométrica e combate a fraudes. 

“Esse processo é anual e obrigatório para todas as entidades, instituições ou estabelecimentos que emitem certificados digitais no Brasil. A CDL Chapecó foi habilitada como Autoridade de Registro em 2018 e desde então não tem apresentado não-conformidades nas auditorias, um grande mérito para nós”, destaca o coordenador comercial Maurício Duarte. 

Sobre o certificado

O certificado digital é uma identidade eletrônica para pessoas ou empresas. Ele equivale à uma carteira de identidade do mundo virtual. Com ele, é possível garantir de forma inequívoca a identidade de um indivíduo ou de uma instituição, sem uma apresentação presencial. Na prática, funciona como um CPF ou um CNPJ eletrônico. Essa ferramenta está disponível no Brasil desde 2001, após a criação da ICP Brasil.

Uma das principais funções do certificado digital é otimizar processos de assinatura de documentos, reduzindo custos com burocracia, impressão e cartórios, além de evitar fraudes, por estarem protegidos por criptografia de alta complexidade.

Pessoas físicas e jurídicas interessadas na certificação digital podem procurar a CDL Chapecó para registro. A entidade tem 50 anos de atuação no município, 1.700 associados e representa todo o comércio local.