Por: Jornal Sul Brasil | 20/07/2020

Chapecó chegou nesta segunda-feira dia 20 a marca dos 3.618 casos confirmados de Coronavírus. Destes pacientes, 3.077 já estão recuperados e outros 528 seguem com a doença ativa no organismo.

Neste início de semana, a administração municipal confirmou o 13º óbito. A vítima uma mulher de 62 anos faleceu no Hospital da Unimed no domingo dia 19. Conforme o Boletim ela apresentava outras comorbidades.

Os casos suspeitos subiram e são 657. Até agora já foram descartados 4.022 casos. A taxa de ocupação hospitalar da enfermaria saltou para 43% e da UTI está em 39%.

Aglomerações

Durante a madrugada do domingo, uma equipe da Guarda Municipal avistou grande aglomeração de pessoas no estacionamento de um posto de combustíveis, situado na Av. Fernando Machado.

Foram constatadas cerca de 100 pessoas no local, a maioria deles fazia consumo de bebidas alcoólicas, no chão foram localizadas diversas embalagens de bebidas vazia. Embora estivessem em espaço aberto, estavam promovendo aglomeração, desrespeitando as medidas sanitárias contra a propagação do Coronavírus (Covid-19). Todos foram orientados, recolheram o lixo do local e deixaram o espaço. Foi lavrado um Auto de Infração Sanitária ao proprietário do estabelecimento pela aglomeração de pessoas no local.

A Polícia Militar também registrou aglomerações no Goio Ên. Em um estabelecimento foi constatado que havia cerca de 70 pessoas no estabelecimento com mesas agrupadas, sem respeitar o distanciamento adequado entre elas e algumas pessoas não faziam o uso da máscara.

Indagada a responsável pelo estabelecimento sobre a aglomeração das pessoas, ela relatou que não conseguiu controlar as pessoas na área externa, que juntavam as mesas e ficou difícil dispersá-las. Diante dos fatos, foi lavrado o respectivo boletim na modalidade Termo Circunstanciado e a aglomeração foi dispersada. Do lado direito da ponte também havia um grupo de pessoas, que ao visualizarem as guarnições se dispersaram.

Desde a sexta-feira até o domingo, a Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária realizaram vistorias em 14 estabelecimentos, dos quais um foi autuado por desrespeito às regras preventivas, realizou 29 atendimentos com foco nas aglomerações e fez a aplicação de uma multa por não uso de máscara.

Desde o início da pandemia a Guarda Municipal realizou um total de 1.564 atendimentos. A Vigilância Sanitária realizou 861 vistorias e atendimento a denúncias e instaurou 75 processos por não cumprirem o isolamento, aglomeração de pessoas e por não usarem máscaras.