Por: Jornal Sul Brasil | 05/11/2020

No seu cinquentenário, a Unochapecó entende que é hora de oferecer algo novo. Algo para o presente e para o futuro. Utilizar sua tradição em qualidade no ensino para protagonizar as mudanças do agora e do amanhã. Para isso, é preciso formar jovens que serão os agentes de transformação, tanto dos seus próprios projetos de vida quanto da comunidade. Com esse objetivo, a Instituição traz, para Chapecó e região, um novo colégio de ensino médio: o Colégio Unochapecó!

Trata-se de uma proposta diferenciada para que os jovens se insiram em um modelo educacional interdisciplinar, alinhado com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). “Nossa Instituição tem dependências e espaço físico durante o período diurno que permitem que possamos entregar um ensino médio de qualidade. Este projeto representa mais uma fase importante que a Unochapecó cumpre com a nossa cidade, que cresce dia após dia e vem demandando novos instrumentos de formação de jovens”, explica o reitor da Unochapecó, professor Claudio Alcides Jacoski.

Como vai funcionar

A metodologia de ensino do Colégio Unochapecó terá como foco o protagonismo dos alunos na condução do seu processo de formação, o estímulo à construção dos seus projetos de vida, o desenvolvimento da atitude empreendedora e da cultura da inovação.

As salas de aula serão realizadas no bloco M, com ambiente completo e tecnológico para oferecer aos alunos tudo que precisam para um ensino de qualidade. Além disso, segundo o reitor, a ideia é oportunizar novas experiências para esses estudantes. A partir de 2021, por exemplo, a Universidade também inaugura uma nova fase de seu ensino, trazendo para seus cursos de graduação a Aprendizagem Baseada em Experiências (ABEx).“Nosso entendimento é que no Colégio teremos uma integração com esta metodologia, utilizando os itinerários formativos para oferecer experiências em áreas técnicas do conhecimento para nossos alunos do ensino médio”.

O primeiro ano do colégio será dividido em duas partes. Primeiro, serão 800 horas de conhecimentos da BNCC, que serão compostas pelas áreas de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. Depois, serão 200 horas de unidades temáticas relativas aos grupos de itinerários formativos, que são formações técnicas específicas que os alunos poderão optar a partir do segundo ano do ensino médio.

Nesse primeiro momento, a Unochapecó oportunizará três possibilidades de itinerários aos estudantes: formação técnica em Comunicação Visual; curso de qualificação técnica em Negócios, Finanças e Empreendedorismo; e aprofundamento da área do conhecimento em Saúde e Meio Ambiente. Estes itinerários estarão apoiados por uma sensacional estrutura de laboratórios, salas interativas e um ambiente de produção do conhecimento que são características da Unochapecó. Além disso, é uma grande oportunidade dos estudantes estarem em contato desde o primeiro dia de aula com a profissão dos seus sonhos.

Por ser uma Universidade Comunitária, a intenção da Unochapecó é estar cada vez mais próxima das pessoas, que dão sentido à Instituição.“Estamos desenhando uma nova fase da Unochapecó e oferecendo um projeto diferenciado, que servirá para qualificar nossos jovens e prepará-los para o futuro”, finaliza o reitor.