Por: Jornal Sul Brasil | 30/07/2020

A pandemia do novo coronavírus que assola todos os continentes e faz centenas de milhares de vítimas em todos os países alterou profundamente a realidade social econômica do Planeta, exigindo dos Governos e da sociedade civil uma nova compreensão – a partir de agora – sobre a dinâmica das atividades empresariais, na qual é fundamental preservar a vida humana.

Diante desse inusitado e perturbador cenário, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), organizadora e realizadora da Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne (Mercoagro), vem a público comunicar a transferência  para março de 2021 da 13ª edição desta que é a maior exposição-feira do setor na América Latina.

A decisão decorre de força maior em razão da pandemia e traduz consenso entre os envolvidos, pois, nesse sentido, atende a opinião média geral dos Expositores aferida em pesquisa de opinião realizada neste mês de julho, de acordo com a qual 93,1% dos entrevistados manifestaram-se pela transferência da data.

A ACIC entende que é essencial nesse momento minimizar a propagação do Novo Coronavírus (Covid 19) e seguir rigorosamente todas as determinações das autoridades sanitárias, do Ministério da Saúde, do Governo de Santa Catarina e do Município de Chapecó.

Reitera também que todas as decisões da entidade e da Comissão Organizadora estão inexoravelmente subordinadas à proteção da saúde, segurança, conforto e bem-estar de todos os públicos que participam da Mercoagro, expositores, visitantes, fornecedores, patrocinadores, imprensa especializada etc.

Fica, portanto, transferida a 13ª Mercoagro para o período de 16 a 19 de março de 2021, no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, na cidade de Chapecó (SC).

A ACIC e todos os seus parceiros estratégicos estão comprometidos para que a Mercoagro mantenha sua reconhecida e histórica condição de bem-sucedida experiência de negócios, de geração de conhecimento e de relacionamento.

A ACIC acredita que a saúde e a economia devem andar de mãos dadas e que a feira tem responsabilidade com a retomada da economia, em um momento de extrema importância para alavancar o setor e contribuir ativamente para o engajamento, networking e aceleração dos negócios na indústria de proteína animal.

A ACIC, a Mercoagro e os parceiros agradecem a compreensão de todos.