Por: Jornal Sul Brasil | 23/03/2020

No sábado dia 21 a Polícia Militar em patrulhamento no bairro Seminário, passando em frente a uma residência já conhecida por ser ponto de venda de drogas, avistou dois suspeitos parados em frente, sendo dada voz de abordagem, momento em que um deles não acatou e saiu correndo para os fundos da casa e arremessou um objeto num canto, próximo de um muro.
Ele foi abordado e identificado como um homem de 23 anos, já o objeto jogado por ele era um revólver calibre 38, marca Rossi, numeração aparente, municiado com quatro munições intactas. O outro suspeito permaneceu no local, sendo revistado e posteriormente liberado por não haver nada de ilícito com o ele.
Foi dada voz de prisão ao que tentou fugir, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, sendo conduzido juntamente com a arma, até Central de Plantão Policial (CPP) de Chapecó, para os procedimentos cabíveis.

No Marechal Borman uma guarnição da Policia Militar Ambiental estava realizando abordagens preventivas na SC 480, próximo ao km163, quando ao dar sinal de parada para um veículo, o condutor seguiu aparentemente sem perceber a sinalização.
A guarnição acompanhou o veículo o abordou já quase na ponte do Rio Uruguai, dentro do veículo, que era conduzido por um homem de 58 anos, foi localizada uma pistola marca Taurus, Calibre 380, com numeração aparente, municiada e carregada com 10 munições.


O proprietário alegou ter registro, porém, não portava e, mesmo que estivesse, tal documento não dá o direito ao porte. Diante dos fatos, foi preso e conduzido até à Central de Plantão Policial (CPP) de Chapecó, para os procedimentos cabíveis.

Casal é detido por furto

Na noite do domingo dia 22, a PM foi acionada, via 190, para atendimento de ocorrência de arrombamento e furto em um restaurante, onde o solicitante falou que uma viatura estava passando próximo ao local. No ponto citado, a Guarnição PM conversou com os vizinhos, os quais informaram que um casal teria praticado o crime e, ao perceberem que a viatura policial estava se aproximando do local, teriam saído correndo.

Os policiais saíram em buscas e abordaram os suspeitos em uma rua paralela, onde foram identificados como um homem de 33 anos e uma mulher de 24 anos, sendo o homem confessou ter furtado a televisão. Ambos foram presos e conduzidos à Central de Plantão Policial (CPP) de Chapecó, juntamente com o objeto furtado, para os procedimentos cabíveis.

Eles declaram ser apenas amigos, a mulher disse que não participou ativamente do furto, apenas estava junto com seu amigo. A empresa que presta segurança privada ao restaurante foi informada do fato e visou o proprietário.

O homem já possuía diversas passagens pela Polícia, principalmente por furto, mas também por violência doméstica, posse de drogas, desobediência e ameaça.