Por: Jornal Sul Brasil | 28/07/2020

Uma história traçada pela transformação na qualidade de vida e dos empreendimentos dos seus associados, pelo desenvolvimento econômico nas comunidades onde atua e pela expansão do cooperativismo de crédito. É com esse olhar para o passado e para os novos desafios que a Sicredi Região da Produção Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais comemora 37 anos de atuação nesta quarta-feira dia 29.

Cooperativa de Crédito Rural Sarandi – Credisal” foi fundada por 26 agricultores em Sarandi (RS) em 1983, com o objetivo de auxiliar na organização econômica de produtores rurais, contribuir com a geração de renda, fomentar a agricultura familiar e desenvolver pequenas e médias propriedades. Em 1992, a unidade integrou o Sistema de Crédito Cooperativo e passou a se chamar Cooperativa de Crédito Rural Sarandi – Sicredi Sarandi.

Uma nova conquista marcou também uma nova fase, em 2003 a Sicredi Sarandi se tornou a “Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Associados da Região da Produção – Sicredi Região da Produção”, com abrangência no Rio Grande do Sul (2003), Santa Catarina (2005) e Minas Gerais (2018).

Em quase quatro décadas, o Sicredi instalou 25 agências. Somente neste ano foram inauguradas duas unidades de atendimento em Chapecó, em fevereiro no bairro Santa Maria e em junho no Passo dos Fortes. A cooperativa conta com 330 colaboradores preparados para atender mais de 57 mil associados, com produtos e serviços a pessoas físicas e jurídicas do campo e da cidade.

“Construímos uma cooperativa de crédito próxima da população. Há dez anos tínhamos aproximadamente 34 mil cooperados e atualmente tivemos um crescimento de 67%. Esse é o resultado da força do cooperativismo, oferecemos diversas soluções financeiras conforme as necessidades dos nossos associados e juntos atingimos nossos objetivos”, destaca o presidente da Sicredi Região da Produção Saul João Rovadoscki.

Outro valor que a cooperativa preza é a transparência. Anualmente a Sicredi Região da Produção realiza assembleias para apresentar os resultados. Os números do exercício 2019 apontam 27% de crescimento em recursos administrados em comparação ao ano anterior, sendo o resultado da Cooperativa próximo aos R$ 34 milhões. “Esses encontros reforçam a democracia e fomentam a cooperação, pois a Sicredi manteve taxas menores em comparação com os bancos, cobrando R$ 40 milhões a menos dos associados e promovendo o crescimento coletivo”, analisa o presidente.

O planejamento de ações traça caminhos diferentes e projeta um futuro promissor. O Sicredi tem como propósito expandir ainda mais e novas agências devem ser  inauguradas até o início de 2021 nos municípios de Lagoa Santa e Pedro Leopoldo, em Minas Gerais, gerando empregos e agregando renda na região.

“Ao comemorar 37 anos de existência da nossa cooperativa, sentimos orgulho em contemplar o crescimento que temos alcançado. Durante nossa caminhada tivemos muitos desafios e conquistas que servem de estímulo para nos desenvolvermos cada vez mais. Queremos agradecer a todos que, de uma forma ou outra, fazem parte desta cooperativa: obrigado aos sócios fundadores, associados, conselheiros, coordenadores de núcleo, comunidades, ao quadro de colaboradores e a todos aqueles que acreditam nos ideais do cooperativismo de crédito e na atuação do Sicredi”, conclui Rovadoscki.

Comemoração

Devido a pandemia do novo coronavírus, a Sicredi Região da Produção realizará dois eventos on-line para comemorar o aniversário da cooperativa. Os encontros virtuais serão internos. O primeiro contempla colaboradores por meio do lançamento de um portal. O segundo será promovido para coordenadores de núcleo e conselheiros administrativos e fiscais, que iniciará com um bate-papo com o presidente da cooperativa, Saul João Rovadoscki, seguido de palestra do escritor Roberto Tranjan, autor do livro “O Velho e o Menino”.