Por: Jornal Sul Brasil | 20/11/2020

Se, por um lado, a temporada 2020 tem sido extremamente desafiadora para a Associação Chapecoense de Futebol – muito por conta das dificuldades financeiras já existentes e agravadas por conta da pandemia do Covid-19 – por outro, o ano tem servido para estreitar laços e fortalecer parcerias com pessoas e instituições que assumem papel fundamental no planejamento e nos objetivos da agremiação verde e branca. Ao encontro disso, o clube finaliza a semana com uma grande novidade: a oficialização do contrato de patrocínio com o Grupo Bugio, de Chapecó.

Fundado em Chapecó no ano de 1986, o Grupo Bugio é, atualmente, uma das principais organizações do agronegócio catarinense. Composto pelas empresas Bugio Agropecuária, Bugio Tratores, Frigorífico Ecofrigo, Fazendas Bugio e São Valentim Energia, o Grupo Bugio emprega atualmente mais de 2.400 colaboradores diretos. Além das sedes nas cidades catarinenses de Chapecó, Xanxerê, Abelardo Luz, Campo Erê, São Miguel do Oeste e Guatambú, a empresa está expandindo suas operações para o estado do Rio Grande do Sul, onde inaugurará a primeira filial gaúcha na cidade de Santa Rosa, no mês de fevereiro/2021. Paralelamente, acaba de anunciar a construção da segunda unidade da empresa Ecofrigo, empreendimento que gerará a contratação de mais 1500 colaboradores diretos até 2022. Assim como a Chapecoense, a empresa também carrega, na sua essência, a coragem, a garra e, principalmente, a determinação em honrar as raízes. Por conta disso – confiantes no potencial da equipe e na seriedade do trabalho realizado a frente do clube pela gestão alviverde – o Grupo Bugio, no ano em que completa 35 anos de uma grande e consolidada trajetória, estampará a frente da camisa verde e branca, logo abaixo do patrocínio master.

Para o Sr. Alceu Parisoto, presidente do Grupo Bugio, firmar o patrocínio com a Chapecoense reforça o orgulho de pertencer à cidade e contribuir com o seu crescimento. “O Patrocínio a Chapecoense representa o valor que damos a nossa terra de Chapecó, cidade onde iniciamos nossas atividades em 1986 e que tanto nos orgulha. Chapecó foi muito importante na nossa trajetória empresarial e como forma de agradecimento, estaremos apoiando a Chapecoense nos 35 anos de fundação do Grupo. Firmaremos com a Chape uma parceria de grande sucesso” garantiu.

Para Fabrício Parisoto – Diretor de Operações da nova patrocinadora – apoiar a Chapecoense é motivo de muita honra para o Grupo Bugio. “Somos apaixonados pela Chapecoense e muito gratos por todas as alegrias que a Chape nos proporciona. Como forma de gratidão ao nosso time do coração seremos parceiros da Chapecoense neste momento importante de reorganização e retomada do clube para a Série A. Seguiremos crescendo juntos, Grupo Bugio e Chapecoense, levando o nome de Chapecó para o Brasil e para o mundo”.

Em nome da Chapecoense, o presidente Paulo Magro agradeceu a confiança do Grupo Bugio e reiterou a importância, para o clube, de que empresas da cidade vistam a camisa da agremiação. “É uma grande alegria para a Chapecoense contar com o patrocínio do Grupo Bugio – uma empresa de Chapecó, da família Parisoto, a quem nós só temos a agradecer por ter acreditado no clube e no nosso projeto. Essa empresa tem contribuído, e muito, com o crescimento da cidade, e agora, farão o mesmo pela Chape. Isso é motivo de muita satisfação e orgulho”.

A estreia do patrocínio na camisa da Chapecoense acontecerá em grande estilo: No duelo contra o Cruzeiro – válido pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro – que acontece na terça-feira dia 24, às 21h30, na Arena Condá. A partir da data, o contrato de patrocínio terá validade até o final de 2021.