Por: Jornal Sul Brasil | 15/09/2020

Criado em 1999 numa iniciativa do 2º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira com apoio de empresas e entidades de Chapecó, o Ecoparque atualmente encontra-se sob a administração municipal. Neste ano durante a avaliação de árvores exóticas existentes no local, contatou-se que muitas se encontravam doentes, algumas com risco de queda, principalmente com os fortes ventos que têm atingido a região, podendo provocar acidentes com frequentadores ou cair sobre casas da vila militar ou vizinhança, dessa forma, decidiu-se pela substituição de 80 árvores exóticas por 180 mudas de espécies nativas e frutíferas.

A retirada dessas árvores exóticas está sendo realizada por empresa especializada com acompanhamento de técnicos do Município. A ação é de conhecimento dos órgãos ambientais e tem a anuência do Ministério Público de Santa Catarina (9ª Promotoria de Justiça). Além de ser realizada para dar mais segurança, a ação também irá potencializar a flora do local, uma vez que com o corte das árvores exóticas, a Prefeitura e Polícia Militar Ambiental das novas mudas.

Essas novas árvores, além de sombra e altura que não venha a gerar riscos, proporcionarão um enriquecimento da fauna do Parque, com uma maior presença de pássaros e outros animais silvestres.