Por: Jornal Sul Brasil | 13/05/2019

Equipe lutou para tentar conquistar o empate (Foto:Márcio Cunha/ACF)

A Chapecoense entrou em campo na manhã deste domingo dia 12, para disputar contra o Flamengo partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. No Maracanã lotado, a equipe alviverde viu o adversário sair na frente – com gol no início do jogo – mas equilibrou as ações da partida e pressionou em busca do empate. Ainda na etapa inicial, o jovem Tiepo defendeu pênalti de Diego e deu novas forças à equipe alviverde. Na etapa complementar, o time carioca ampliou e a Chape, com Gum, diminuiu, dando à partida números finais de 2 a 1.

O jogo começou movimentado e, mesmo com a consistência da marcação alviverde, o Flamengo abriu o placar logo aos sete minutos, com Vitinho. O adversário levou perigo em mais duas oportunidades, mas a Chape controlou as ações do jogo e deu a resposta. Aos 31, Régis aproveitou a sobra e finalizou para a defesa de Diego Alves. Nos 44, a arbitragem assinalou pênalti em cima de Lincoln. O experiente Diego foi para a cobrança, mas Tiepo, com maestria, impediu o gol – defendendo o pênalti e, também, a nova finalização após o rebote.

Embalada pela boa defesa de Tiepo, a Chape voltou inspirada para a etapa complementar. Logo aos quatro minutos, a equipe alviverde disparou em contra-ataque, assustando a defesa rubro negra. Nos minutos seguintes, em resposta, o Flamengo chegou e, com Lincoln, ampliou a vantagem. Aos 37, Elicarlos chutou da entrada da área e Rildo desviou, obrigando um milagre do arqueiro adversário. Persistente até os minutos finais de partida, a Chape, merecidamente, diminuiu o placar, com Gum subindo mais alto que a zaga e marcando, de cabeça, aos 47.

A Chapecoense volta a campo no próximo domingo dia 19. Na Arena Condá, a equipe recebe o Fortaleza, às 16h, para partida válida pela quinta rodada do Brasileirão.