Por: Jornal Sul Brasil | 22/07/2020

Na madrugada da quarta-feira dia 22, uma Guarnição da Polícia Militar em rondas avistou um suspeito parado em frente a uma casa e esse ao ver a viatura gritou “tá sujo”, correu para os fundos e entrou na casa. A guarnição se aproximou e visualizou Maconha sobre o rack da TV e o suspeito que fugiu foi visto entrando em um quarto.

Foi cercada a casa e com apoio de outra guarnição os policiais realizaram a abordagem localizando três pessoas, o proprietário de 25 anos, um adolescente de 16 anos e uma mulher de 19 anos, sendo que o adolescente e a mulher alegaram estarem ali apenas para consumirem drogas.

Em buscas na residência foi encontrado no quarto onde o homem de 25 se escondeu, em meio a roupas, uma arma de fogo tipo revólver de calibre 32 com 5 munições e mais 03 munições calibre 38. Ao ser questionado disse que não sabia da arma, momento em que o adolescente de 16 anos assumiu a propriedade da arma, dando a entender que estava tentando acobertar o homem de 25 anos.

Quanto ao entorpecente, havia 02 gramas de maconha sobre o rack e uma porção de cocaína em forma de risco sobre a tela de um aparelho celular depositado sobre o sofá. Diante dos fatos, a arma de fogo e as drogas foram apreendidas, bem como os envolvidos foram detidos e todos foram conduzidos à Polícia Civil para procedimentos.

Ressalta-se que o homem de 25 anos já havia sido preso recentemente, dia 16 de julho em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

O adolescente de 16 anos e a mulher de 19 anos têm passagens por posse irregular de arma e tráfico. O homem de 25 anos já foi autor de ameaça, vias de fato, furto, receptação, posse de drogas, tráfico, desacato, lesão corporal, entre outros.