Por: Jornal Sul Brasil | 27/04/2020

A Delegacia de Repressão a Roubos e furtos de Chapecó – DRF/FRON, concluiu inquérito policial instaurado para apurar a autoria delitiva quanto a prática do crime de roubo circunstanciado pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo, ocorrido no dia 17 de fevereiro de 2020, nesta cidade de Chapecó.

Naquele dia 17 de fevereiro, dois suspeitos, ambos utilizando capacetes, e com emprego de arma de fogo, adentraram no estabelecimento supracitado e mediante violência e grave ameaça subtraíram aproximadamente R$200.000,00 empreendendo fuga logo em seguida.

Imediatamente, após o registro de ocorrência e oitiva das vítimas, os Policiais Civis passaram a empreender diligências, objetivando colher elementos de informações e mediante troca de informações com Policiais Militares que atenderam a ocorrência, obtiveram êxito na identificação dos suspeitos, ambos com 29 anos de idade e de história criminal extenso.

Dias após a ocorrência do fato criminoso, e com a identificação dos suspeitos, a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva dos suspeitos, medida cautelar de natureza pessoal que foi deferida pela Autoridade Judiciário competente. Os suspeitos acima referenciados se encontram foragidos desde março.

O inquérito Policial já foi encaminhado para o poder judiciário, oportunidade em que os suspeitos foram indiciados pelo crime de roubo circunstanciado pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo.  A Polícia Civil e demais órgãos de segurança continuam efetuando diligências, a fim de localizarem os suspeitos e efetuarem as devidas prisões.