Por: Jornal Sul Brasil | 08/10/2020

Na manhã desta quinta-feira dia 8, a Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça, e a Polícia Militar de SC desencadearam a Operação “Orion” de combate ao crime organizado. Há o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Sul.

A ação até o começo da manhã efetivou o cumprimento de 20 prisões, apreendeu 2 armas de fogo e cerca de 11 quilos de maconha, além de material de anotações relacionadas ao tráfico de drogas. O objetivo da operação é dar cumprimento a 56 ordens judiciais, sendo 24 mandados de prisão pelos crimes de compor organização criminosa e tráfico de drogas e 32 mandados de busca e apreensão em residências.

As diligências ocorrem nos municípios de Florianópolis, São José, Palhoça, Biguaçu, Joinville, Chapecó, Balneário Camboriú, Caxias do Sul e Santa Maria, estes dois últimos municípios no Rio Grande do Sul – no Estado vizinho as diligências são realizadas por policiais civis das equipes das DRACO (Delegacia Especializada em Combate ao Crime Organizado).

As diligências estão em andamento e contam com a atuação das Delegacias pertencentes à Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis, da Diretoria de Polícia da Fronteira e da Diretoria de Polícia do Litoral, K 9 da DPGF, além da participação de todos os Batalhões de Polícia Militar da Grande  Florianópolis (4º BPM, 21º BPM, 22º BPM, 16º BPM, 24º BPM e 7º BPM).

“Rede”

“A investigação começou após uma prisão, quando descobrimos uma rede de indivíduos envolvidos com o crime organizado, além de uma articulação para uma série de crimes, entre eles tráfico de armas, homicídio e venda e posse ilegal de armas de fogo. As investigações continuam”, afirmou a Delegada de Polícia Raquel Freire, da DIC de Palhoça.