Por: Jornal Sul Brasil | 24/11/2020

A captura do indivíduo, de 44 anos, ocorreu em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido após representação da Polícia Civil, que teve parecer favorável do Ministério Público e foi deferida pelo Poder Judiciário.

Apurou-se que, ao longo dos anos de 2019 e 2020, em diversas ocasiões, o suspeito teria praticado abusos sexuais contra a referida criança, moradora de uma residência vizinha e que costumava brincar em um pátio próximo à casa do investigado. Demonstrou-se, ainda, que o investigado teria mantido contato com a vítima, via Whatsapp, tentando convencê-la a manter um relacionamento com ele, e que teria proferido ameaças para que ela não relatasse os fatos a terceiros.

As investigações prosseguem para apurar a possibilidade de existência novas vítimas de fatos semelhantes, que teriam ocorrido no Bairro Santo Antônio, em Chapecó/SC. A Polícia Civil orienta possíveis outras vítimas e/ou seus responsáveis para que compareçam à DPCAMI, onde receberão imediato atendimento especializado, resguardando-se o sigilo de todas as informações.