Por: Jornal Sul Brasil | 12/07/2020

A Prefeitura de Chapecó acompanha periodicamente o movimento econômico de todos os produtos comercializados pelos agricultores do Município, mediante a entrega e o recebimento das notas do produtor. É uma das atividades essenciais do Poder Público Municipal, executada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (SEDEMA), denominada Serviço de Controladoria de Notas, o popular Bloco de Produtor Rural.

 

Neste momento de Pandemia, em que o distanciamento social é tão importante no combate à disseminação da Covid-19, a SEDEMA recomenda que os produtores optem por solicitar seu bloco de notas por telefone, no número 2049-9116, e orienta que só sejam feitas de forma presencial, a retirada e a entrega das notas. O setor entende que fazendo a solicitação pelo telefone, que é uma das etapas mais densas e que levam mais tempo, vai contribuir muito para evitar que em algum período se formem filas.

 

De qualquer forma, existe controle para evitar aglomeração em filas e ambientes, disposição de álcool em gel 70% e é exigido o uso de máscara, conforme Decreto Nº 38.847, de 08 de maio de 2020. Como medida de enfrentamento ao novo Coronavírus, o Município ampliou o horário de funcionamento nas repartições públicas, possibilitando a criação de mais turnos para evitar concentração de pessoas.

Atuam no Serviço de Controladoria de Notas, o popular Bloco de Produtor Rural, junto à SEDEMA, seis servidores. O atendimento acontece das 7hs às 19hs, no Mercado Público Regional, onde está localizada a Secretaria – Rua Nereu Ramos, 1750-E, bairro Passo dos Fortes. O telefone é o (49) 2049-9116.

 

Serviço de Controladoria de Notas, o popular Bloco de Produtor Rural

 

Por meio desse serviço o agricultor se habilita, via nota de produtor, a comercializar e transportar legalmente sua produção até às cooperativas, agroindústrias, outros comerciantes, e até mesmo, entre os produtores rurais. Além isso, o Serviço de Controladoria fornece, por meio do somatório de todas as notas retiradas e devolvidas pelos produtores, o levantamento econômico por produto e o volume total comercializado durante o ano.