Por: Jornal Sul Brasil | 16/10/2020

O candidato a prefeito de Chapecó Cláudo Vignatti (PSB) visitou o Diário SB nesta quinta-feira dia 15, e foi recebido pelo diretor administrativo André Luiz Rosa e pela diretora financeira Ivone Miotti. Na ocasião Vignatti, que tem o deputado federal Pedro Uczai (PT) como candidato a vice-prefeito elencou os programas que pretende colocar em prática na capital do Oeste.

“Na área da saúde criaremos o programa Saúde para todos, que facilitará o acesso a especialidades, trabalharemos para ofertar a vacinação contra o Covid-19 para todos os chapecoenses, assim que ela estiver disponível. Criaremos ainda um multicentro de saúde que ofertará exames, diagnósticos e tratamento de forma mais rápida e concentrada em um só lugar. Construiremos ainda um Hospital na Efapi com atendimento via SUS e via convênios, em uma parceria público privada associada ainda com as universidades. Queremos também pleitear duas novas upas 24 horas  para a região sul e grande Efapi,” destacou.

Na área da educação o candidato defendeu a importância das escolas serem mais tecnológicas, e interligadas e disse querer engajar universidades e institutos de ensino para a capacitação de professores e a valorização dos mesmos, com a formação continuada. Defendeu ainda o fornecimento de equipamentos para alunos e professores.

Claudio foi categórico ao afirmar que é preciso zerar a necessidade de vagas por creches no município, seja em formato de parceria e também construção de novas unidades, bem como defendeu a criação de vagas noturnas.

Na infraestrutura o candidato garantiu que criará o programa Acelera Chapecó que fará asfalto em todas as ruas, com a implementação de uma nova usina de asfalto que substituirá a antiga, uma vez que, segundo o candidato, ela tem um elevado custo de manutenção e está defasada. Ele ponderou ainda que com a queda dos custos propiciada pela usina, poderá asfaltar os acessos as comunidades do interior.

“Criaremos o programa Sinal Verde, que tem como objetivo tornar o trânsito mais rápido, moderno e seguro. Trabalharemos também para implantar o eixo binário, novos terminais de passageiros, faixas prioritárias para ônibus, ciclovias e ciclofaixas ofertando assim mais fluidez, modernidade e segurança para todos,” disse.

Para a retomada econômica pós pandemia Vignatti pretende criar financiamentos a juro zero,  fomento a economia criativa, incubadoras digitais, um novo centro de exposições, e feiras e negócios.

Para a agricultura Vignatti defende a implantação de mais redes trifásicas, facilitar o acesso a internet, bem como apoiar as cooperativas e programas de geração de renda, ampliar e fortalecer  as feiras comunitárias  e apoiar a compra dos produtos da agricultura local para a merenda escolar.

Na questão da água ele defendeu a captação do Rio Uruguai, a proteção das nascentes, construções de cisternas e de sistemas de reservatórios.