Por: Jornal Sul Brasil | 09/10/2020

O Diário SB recebeu nesta quinta-feira dia 8, o candidato a prefeito de Chapecó pelo MDB Cleiton Fossá, e o candidato à vice Giovanni Balen. Eles foram recebidos pelo diretor geral André Luiz Rosa e pela diretora financeira Ivone Miotti.

Cleiton, advogado, professor e em seu segundo mandato como vereador, destacou que o projeto mantido pelo MDB está alinhado às pessoas, ao que elas anseiam de uma administração municipal e salientou que desde o início, o partido não pensou em alianças pelo poder, mas sim em ofertar alternativas, ofertar o novo, que é o que Chapecó precisa, conforme o candidato.

O candidato à vice Giovanni Balen, corretor de seguros com especializações na área, explicou que o partido está coligado com o povo. “Defendemos muito a ética, a moral, os princípios, queremos trabalhar por todos e não pelo benefício de alguns”, disse.

Fossá pontuou que em seu trabalho como vereador pode conhecer a máquina pública, e apontou ser necessário o imediato enxugamento, com a redução de cargos comissionados, o fim do nepotismo cruzado e a extinção do cabide de emprego. “Com essa sobra é possível fazer mais, e implantar as melhorias necessárias,” garantiu.

Na educação, Fossá apontou a necessidade de melhoria da infraestrutura, de tornar as escolas mais tecnológicas, mas atrativas, e de fazer com que o ensino seja profissionalizante, que capacite às crianças, jovens e adolescentes, para o mercado de trabalho do futuro. “Temos também que resolver de imediato, com parceria com a iniciativa privada, a questão de falta de vagas em Centros de educação Infantil, oferecer vagas noturnas para atender aqueles que necessitam, e que é uma carência em nosso município,” comentou.

Na saúde o candidato lamentou o fato de hoje oficialmente 50 mil pessoas estarem na fila esperando por procedimentos. Disse em primeira mão que a proposta é criar o programa Hora Zero, com oferta de serviços noturnos, para agilizar esses procedimentos. “Queremos oferecer ainda atendimento pediátrico 24 horas nos dois pronto-atendimentos, evitando assim que a população se desloque ao Hospital da Criança que acaba lotando. Temos que melhorar a questão de exames de imagens também nestas unidades, desafogando assim também o Hospital Regional” pontuou.

Com relação ao desenvolvimento econômico pós-pandemia, Fossá disse que pretende desburocratizar o acesso ao alvará, incentivar o empreendedorismo, e ofertar linhas de financiamento sem juro para revitalizar as empresas. “Temos hoje 11 mil microempreendedores individuais, se eles vão bem o município também vai bem” enalteceu Fossá.

O candidato falou ainda da necessidade de implantação do plano de mobilidade urbana, da criação de ciclovias, do incentivo ao uso de transportes alternativos, e do fortalecimento das feiras, eventos e turismo. Na agricultura defendeu o aumento da oferta de segurança, a manutenção das estradas, a construção de cisternas, e o apoio técnico para a diversificação de culturas.

“Nosso slogan é Chapecó um novo tempo, e é isso que oferecemos, lutamos contra o atual modelo e somos a única mudança real e possível,” finalizou Fossá.