Por: Jornal Sul Brasil | 10/02/2021

Durante as primeiras sessões ordinárias deste ano, alguns vereadores se manifestaram sobre o fechamento da base do Corpo de Bombeiro na Grande Efapi. O local de atendimento, que funcionava próximo a BRF, foi fechado e gerou dúvidas e questionamentos de parlamentares de Chapecó. Os vereadores Adão Teodoro (PSD) e Ivaldo Pizzinatto (PSL), apresentaram requerimentos cobrando explicações da corporação.

Adão Teodoro, em seu requerimento, justifica que o bairro Efapi, por ser o maior da cidade, tem ocorrido muitos incêndios, acidentes e pela localidade existe uma demora no atendimento. “Gostaríamos de saber se tem previsão de abrir novamente, pois na época que foi aberto umas das solicitações do Comandante, foi formar bombeiros voluntários. Hoje há cerca de 70 bombeiros comunitários sem posto para atuar”, lembrou.

Já o vereador Ivaldo Pizzinatto, o Gringo, apresentou requerimento para que o coronel Walter Parizotto, comandante do Corpo de Bombeiros, justifique ao Poder Legislativo, quais foram os motivos do fechamento da base na Efapi.

Os requerimentos serão encaminhados ao comando do Corpo de Bombeiros, que terá prazo de 30 dias para responder aos questionamentos dos vereadores.